Pai atira e mata a própria filha durante velório do avô

O pai atirou contra a filha de 27 anos e no marido dela, pois não aceitava o relacionamento dela

Um homem de 43 anos foi preso suspeito de participação na morte da própria filha, uma jovem de 27 anos, em Itapipoca, na região norte do Ceará. A prisão aconteceu nesta sexta-feira (3) depois que o suspeito foi encontrado dormindo em um bar do município.

O crime aconteceu durante o velório do avô da vítima — sogro do suspeito. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS) informou que a Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizou a prisão na localidade São Miguel.

Testemunhas informaram que o suspeito não aceitava o relacionamento atual da vítima, pois tinha ciúmes dela. O marido da jovem, inclusive, também foi atingido pelos disparos de arma de fogo, mas foi socorrido e não corre risco de morte.

As autoridades ainda investigam a real motivação do caso. O homem de 43 anos foi encaminhado à Delegacia Regional de Itapipoca, que mantém a investigação sobre o assunto. A ocorrência ainda está em andamento. CodóNotícias

Bolsonaro conversou com Alexandre de Moraes antes de “Declaração à Nação”

bolsonaro faixa presidencial posse temer_Michael Melo/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro conversou por telefone com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quinta-feira (9/9), antes de divulgar uma “declaração à nação”, em tom de pacificação.

O diálogo foi intermediado pelo ex-presidente Michel Temer (MDB), que se reuniu com Bolsonaro nesta quinta, no Palácio do Planalto, e ajudou o atual mandatário a redigir o texto da declaração.

À coluna, Temer contou que recebeu uma ligação de Bolsonaro, na noite de quarta-feira (8/9), convidando-o para almoçar hoje no Planalto. O atual presidente mandou um avião da FAB para buscar o antecessor em São Paulo. Ainda na noite de quarta, o ex-presidente afirmou que “falou rapidamente” com Moraes, principal alvo de Bolsonaro nos discursos durante os atos de 7 de setembro.

“O ministro Alexandre de Moraes me disse que age nos termos simplesmente jurídicos e nada mais que isso, e que não tem nada pessoal contra o presidente da República”, relatou à coluna o ex-chefe do Executivo federal.

Na ocasião, Temer também sondou a disposição de Moraes em dialogar com Bolsonaro. A conversa telefônica, então, ocorreu enquanto o ex-presidente estava reunido com o atual mandatário no Planalto, hoje.

Segundo relatos, Moraes teria repetido a Bolsonaro o que disse para Temer na noite anterior: que age apenas nos termos jurídicos e que não tem nada pessoal contra o atual presidente e seus apoiadores.

Decisões judiciais

À coluna, Temer contou ainda que, no almoço com Bolsonaro, ponderou que era preciso “pacificar o país” e respeitar as decisões judiciais, as quais o atual mandatário vinha ameaçando descumprir.

“Disse a ele que é preciso cumprir medidas judiciais, que medidas judiciais são combatidas por meio de outras medidas judiciais”, declarou o ex-presidente, que retornou a São Paulo logo após deixar o Planalto. Metrópoles

Bolsonaro recua e diz que ataques ao STF “decorreram do calor do momento”

Bolsonaro publicou nota oficial nesta quinta-feira reconhecendo divergências com o ministro Alexandre de Moraes, mas destacando o “respeito pelas instituições, forças motoras que ajudam a governar o país”

Foto: Alan Santos/PRBrasil 247 – Após proferir graves ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao ministro Alexandre de Moraes na terça-feira, 7 de setembro, e diante do aguçamento da crise institucional, Jair Bolsonaro publicou nesta quinta-feira (9) uma nota oficial fazendo um importante recuo.
Ele diz no texto que suas palavras, “por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum” e destacou que “existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes”. 
“Declaração à Nação
No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:
1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.
2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news.
3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia.
4. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.
5. Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes.
6. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal.
7. Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país.
8. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição.
9. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles.
10. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil.
DEUS, PÁTRIA, FAMÍLIA
Jair BolsonaroPresidente da República federativa do Brasil”.

Suspeito de praticar assaltos em Dom Pedro é morto pela polícia

Na ação policial, vários elementos foram presos e um outro suspeito entrou em confronto com as equipes policiais.

Um homem suspeito de integrar uma quadrilha que praticava diversos assaltos em Dom Pedro e região foi morto na noite dessa quarta-feira (08).

De acordo com as informações, o grupo, que estava em um automóvel, não obedeceu a uma ordem de parada em uma blitz, e, em seguida, houve disparos de arma de fogo contra a guarnição, o que gerou reação dos policiais militares que atingiram um dos suspeitos.

A ocorrência foi registrada no povoado Centro do Rosa, zona rural de Governador Archer. Ainda segundo informações, o suspeito atingido morreu ainda no local. Os outros indivíduos foram conduzidos para a delegacia, onde devem ficar à disposição da Justiça. Do CarlinhosFilho

Morre Dudu Braga, filho de Roberto Carlos, aos 52 anos

O produtor musical Dudu Braga, filho do cantor Roberto Carlos, morreu aos 52 anos após um período internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Ele tratava um câncer no peritônio.

Dudu descobriu o câncer em setembro do ano passado. Antes disso, ele já havia enfrentado um tumor no pâncreas. Recentemente, ele deu detalhes sobre sua luta contra o câncer: “O meu tumor primário é de pâncreas e foi metastático. Hoje não tenho nada mais no pâncreas, uma vez que operei e fiz as sessões de quimioterapia. A doença voltou no peritônio e resolveram entrar com uma medicação nova”.

Dudu deixa a filha, Laura, de 5 anos, fruto do casamento com Valeska. Em sua última postagem no Instagram, há três dias, Dudu fez uma homenagem à mulher, Valeska, e à filha: “Minhas paixões! Foto de um dia muito especial! #BabyLaura #Amor”. Metrolóles

Mega-Sena acumulada paga R$ 40 milhões nesta quarta-feira

Acumulada já há quatro concursos, a Mega-Sena volta a ser sorteada nesta quarta-feira (8) com a promessa de pagar a bolada R$ 40 milhões ao apostador que cravar sozinho as seis dezenas reveladas pela loteria.

O sorteio está marcado para acontecer às 20h, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo, e tem transmissão ao vivo pelo YouTube da Caixa Econômica Federal.

Caso leve o prêmio sozinho do concurso 2.407, o apostador poderá aplicar toda a bolada na poupança e obter um rendimento mensal de, aproximadamente, R$ 120,4 mil de rendimento no primeiro mês. A grana também é suficiente para comprar 57 imóveis no valor de R$ 700 mil cada.

Para concorrer à bolada, basta ir a uma casa lotérica e marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

Cada jogo de seis números custará R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país. Outra opção é o Bolão Caixa, que permite ao apostador fazer apostas em grupo.

No último concurso, realizado no sábado (4), as dezenas reveladas pela loteria foram: 08 — 12 — 29 — 43 — 54 — 60. Apesar de ninguém ter levado o prêmio principal, 64 apostas cravaram a quina e têm o direito de receber R$ 54.257,75 cada. Outros 5.120 acertaram a quadra e podem sacar R$ 968,88 cada. R7

WhatsApp vai parar de funcionar em celulares com sistemas operacionais antigos

O WhatsApp informou que a partir de 1° de novembro não vai mais ser compatível com alguns modelos que usam versões antigas dos sistemas Android (Google) e iOS (Apple).

Segundo o informe, smartphones com sistema operacional iOS 9 ou inferior e Android 4.0.4 ou anteriores vão ficar incompatíveis com o aplicativo.

Além da recomendação sobre os sistemas operacionais, a empresa divulgou uma lista de aparelhos de fabricantes como a LG, Samsung e Sony que não vão ter mais suporte para usar o aplicativo de bate-papo.

Outra notícia divulgada esta semana é que o WhatsApp começou a liberar uma ferramenta para que as conversas armazenadas em iPhones sejam migradas para aparelhos com Android.

A novidade é muito importante para os usuários do aplicativo de mensagens mais popular do Brasil, mas chega com limitações. Por enquanto, só serve para quem está trocando um iPhone por um Android.

Confira a lista dos aparelhos que vão perder o suporte do WhatsApp em novembro:

  • LG: LG Lucid 2, Optimus F7, Optimus F5, Optimus L3 II Dual, Optimus F5, Optimus L5, Optimus L5 II, Optimus L5 Dual, Optimus L3 II, Optimus L7, Optimus L7 II Dual, Optimus L7 II, Optimus F6, Enact , Optimus L4 II Dual, Optimus F3, Optimus L4 II, Optimus L2 II, Optimus Nitro HD e 4X HD, e Optimus F3Q.
  • Samsung: Galaxy Trend Lite, Galaxy Trend II, Galaxy SII, Galaxy S3 mini, Galaxy Xcover 2, Galaxy Core e Galaxy Ace 2.
  • Huawei: Ascend G740, Ascend Mate, Ascend D Quad XL, Ascend D1 Quad XL, Ascend P1 S e Ascend D2.
  • Sony: Xperia Miro, Sony Xperia Neo L e Xperia Arc S.
  • ZTE: Grand S Flex, ZTE V956, Grand X Quad V987 e Grand Memo.
  • Outras marcas: Alcatel One Touch Evo 7, Archos 53 Platinum, HTC Desire 500, Caterpillar Cat B15, Wiko Cink Five, Wiko Darknight, Lenovo A820, UMi X2, Faea F1

Os motivos

A principal causa para a perda de suporte é que componentes físicos (hardware) e sistemas operacionais (software) de aparelhos mais antigos não suportam operar de maneira 100% estável todas as funções que estão sendo ou vão ser adicionadas ao Whatsapp.

Também existem fatores ligados a questões de segurança, já que as interfaces antigas não são mais atualizadas, deixando margem para ataques cibernéticos como roubo de dados.

Arrependido, senador Weverton Rocha pede desculpas a Brandão

O senador Weverton Rocha (PDT) divulgou nesta terça-feira, 7, um vídeo para tentar desfazer a crise que ele mesmo criou no fim de semana.

Em entrevista a uma TV de Presidente Dutra, no sábado, 4,o pedetista insinuou que Carlos Brandão (PSDB) – seu adversário na disputa pelo apoio do Palácio dos Leões em 2022 – “nasceu para ser vice” (reveja).

“Tem gente que nasce para ser vice, tem gente que nasce para liderar, eu nasci pra liderar”, disse o pedetista.

Um dia depois, Dino reagiu, e destacou que sempre trabalhou com humildade tendo construído, ao lado de Brandão, um “modelo de governança marcado pela harmonia, pelo diálogo e por fortes projetos transformadores” (leia mais).

Pressionado, restou a Weverton pedir desculpas.

Uma “arregada” e tanto, hein?

Do GilbertoLéda

Um país à beira de um ataque de nervos: o que esperar deste 7 de setembro

Igo Estrela/ Metrópoles

O Brasil que chega a este 7 de setembro oscila em um mar de incertezas. Uma nação tensa pela possibilidade defendida por muitos militantes do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de aproveitar os atos de apoio ao chefe do Executivo federal para forçar uma ruptura institucional, com “fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso”. Um país atemorizado pela presença de policiais armados como manifestantes e de eventuais paralisações de caminhoneiros ou de conflitos violentos entre fiéis bolsonaristas e opositores – que também anunciaram protestos. Um país, pelo lado dos bolsonaristas, esperançoso de que atos de grandes proporções em Brasília e em São Paulo, neste feriado da Independência, sejam o início do fortalecimento de um governo que vem colhendo derrotas no Judiciário e no Legislativo, nem que seja às custas das instituições democráticas.

Bolsonaristas mais moderados acreditam estar gestando uma “Nova Independência”, na qual seria possível mostrar ao sistema que o presidente Bolsonaro tem apoio popular – desmentindo o que indicam as pesquisas de opinião. Integrantes da oposição, por sua vez, temem violência e avaliam, em alguns casos, tratar-se de um antecedente de um possível golpe.

A mobilização em Brasília começou bem antes do previsto. No intuito de evitar desordem, a Polícia Militar do DF havia fechado a Esplanada dos Ministérios para o trânsito desde a noite de domingo (5/9), mas cedeu à pressão de manifestantes na noite de ontem e abriu a via para uma carreata de caminhões e ônibus que trouxeram milhares de pessoas para a capital.

O combinado era que esses veículos dariam apenas uma volta pela via, mas eles foram estacionados nas seis faixas e centenas de pedestres começaram a ocupar a região com barracas e sacos de dormir, antecipando o ato. Alguns manifestantes chegaram a arrancar grades da barreira montada em frente ao Congresso, mas foram interrompidos por PMs e por colegas militantes.

A presença precoce de milhares de pessoas na Esplanada coloca em xeque a estratégia da PM. A corporação pretendia revistar todo mundo que entrasse na Esplanada nesta terça e impedir a presença de veículos – e de armas.

Homem que assassinou ex-namorada é encontrado morto no MA

O homem identificado como Marcos de Moura Costa, que assassinou a ex-namorada em Pio XII, foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira (06), na estrada de acesso à cidade de Satubinha, localizada a 28 km do local do crime.

Pelas informações, ele foi morto com um golpe de faca no pescoço e estava com um grande hematoma no olho direito.

Ainda não se sabe se o assassino recorreu ao suicídio, com a mesma faca utilizada para matar a ex-namorada, ou se foi pego por alguém, espancado e morto em seguida.

O corpo foi levado para o Hospital Municipal de Pio XII. Marcos trabalhava como serralheiro.

Sâmara Jaquelina foi assassinada a facadas na noite desse domingo(05).

O ex-namorado não aceitava o fim do relacionamento. Ele ligou para Sâmara e marcou um local para uma conversa, talvez tentando uma reconciliação. Diante de mais uma recusa, ele terminou assassinando a ex-namorada.

Após o crime, o assassino havia fugido por uma área de matagal. CodóNotícias

Caixa usará app do auxílio para conceder R$ 10 bi em microcrédito

Saque do auxílio emergencial

Serão empréstimos de R$ 200, R$ 300, com taxa de 1,09% ao mês, a mesma cobrada na modalidade saque-aniversário do FGTS

A Caixa vai usar o aplicativo Caixa Tem, criado para facilitar a distribuição do auxílio emergencial, para conceder microcrédito a cerca de 100 milhões de pessoas físicas. Serão empréstimos de R$ 200, R$ 300, com juros muito baixos. A taxa de 1,09% ao mês cobrada na modalidade saque-aniversário do FGTS pode servir de referência. Essa é a tal “revolução do mercado financeiro” que o presidente do banco, Pedro Guimarães, anunciou na última semana.

A divulgação deve ser feita nos próximos dias, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Mas os empréstimos só começarão a ser liberados depois da última parcela do auxílio emergencial, o que está previsto para outubro. O limite para os financiamentos é avaliado em R$ 3 mil por CPF, e os recursos para a nova linha, estipulados inicialmente em R$ 10 bilhões, com margem para subir a R$ 20 bilhões, com funding no lucro da própria Caixa.

Com essa cartada o governo espera, ao mesmo tempo, atrair apoio num momento de baixa popularidade de Bolsonaro, e sepultar de vez o episódio Febraban (Federação Brasileira de Bancos), que movimentou o mercado durante toda a semana e abriu uma crise da qual ninguém saiu ileso. Depois de iniciar a semana ameaçando deixar a Febraban, Caixa e Banco do Brasil recuaram na sexta-feira, depois que a federação dos bancos divulgou nota declarando que não assinará o manifesto da Fiesp, apesar de reafirmar o apoio à pacificação entre os três Poderes da República.

O app Caixa Tem brindou o banco estatal com perfis de milhares de usuários, que serviram de base para a proposta de criação do microcrédito. Eles se tornaram “clientes” da Caixa compulsoriamente, para ter direito ao auxílio emergencial. No ano passado, o app idealizado para ajudar a população de baixa renda a ter acesso à transferência de recursos do governo federal foi o mais baixado do País, com mais de 300 mil downloads.

Agora, o banco terá de fazer uma campanha para explicar a esses novos “clientes” que o dinheiro que pretende liberar não é mais uma doação para ajudar a transpor as dificuldades que a pandemia de covid-19 trouxe. É um dinheiro que terá de ser devolvido com juros.

Claro que a taxa é baixa e que se trata de um crédito bancário que esses usuários dificilmente conseguiriam. Mas, para muitas pessoas, o aplicativo e o auxílio sacado no caixa eletrônico formaram a sua primeira experiência de “bancarização”. Procurada, a Caixa não concedeu entrevista. Do TimesBrasília

Corpo de Bombeiros procura dono do Sal e Brasa desaparecido em rio em Barreirinhas

Mauro Bento Pereira Silva desapareceu no sábado (4) após cair de sua lancha nas águas do Rio Preguiça, situado no município de Barreirinhas.

Corpo de Bombeiros procura empresário Mauro Bento Pereira Silva que desapareceu no Rio Preguiça em Barreirinhas — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão

O Corpo de Bombeiros reiniciou neste domingo (5) as buscas pelo empresário Mauro Bento Pereira Silva, que desapareceu no sábado (4) após cair de sua lancha nas águas do Rio Preguiça, situado no município de Barreirinhas, a 252 km de São Luís.

Ao G1, o comandante da 4ª Companhia Independente de Bombeiros Militar em Barreirinhas (4ª CIBM), major Alécio Mesquita, disse que as buscas começaram ainda no sábado. Ele informou também que mergulhadores do Corpo de Bombeiros já reiniciaram as buscas neste domingo, mas até o momento, o empresário ainda não foi localizado. “Nós estamos com as buscas desde ontem e já retomamos neste domingo no intuito de achá-lo”.

De acordo com o major, o Corpo de Bombeiros está tendo o apoio do Centro Tático Aéreo (CTA). Uma equipe da Marinha já está no local para iniciar as investigações sobre o que causou a queda do empresário no rio. “Nós estamos contando com o apoio aéreo do CTA que já chegou aqui e também da Marinha que veio para iniciar as investigações sobre o acidente”.

Mauro Bento Pereira Silva é conhecido na capital maranhense por possuir uma franquia de uma rede de restaurantes.

Nota do Corpo de Bombeiros

Por meio de nota, o Corpo de Bombeiros do Maranhão, informou que o acidente aconteceu às margens do Rio Preguiça, no povoado Tapúio, em Barreirinhas e que o empresário estava em sua lancha quando foi avistado caindo no rio.

A nota diz ainda que a equipe de bombeiros esteve no local e realizou uma busca para tentar localizar o homem. No entanto, devido à baixa visibilidade, por estar no período noturno, a guarnição encerrou a operação e reiniciou neste domingo com o emprego de mergulhadores. (G1Ma)

Buscas pelo empresário começaram no sábado em Barreirinhas — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão

Leia a íntegra da nota:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão informa que, por volta das 21h do último sábado (04), a equipe de serviço da 4ª Companhia Independente de Bombeiros Militar (4ª CIBM) foi informada acerca do desaparecimento de um homem, identificado como Mauro Bento Pereira da Silva, às margens do Rio Preguiça, no povoado Tapúio. Segundo informações, o homem estava em uma lancha, quando foi avistado caindo no rio.A equipe de bombeiros esteve no local e realizou uma busca para tentar localizar o homem. No entanto, devido à baixa visibilidade, por estar no período noturno, a guarnição encerrou a operação e reiniciou no dia seguinte, com o emprego de mergulhadores. Até o momento, o corpo ainda não foi localizado”.

TUNTUM: Vereador Valcenor traiu ou aderiu?

Vereador Valcenor e prefeito Fernando Pessoa

“Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra” (Jo 8,7). Talvez essa tenha sido a resposta dada pelo vereador Valcenor de Carvalho (PSC) àqueles que lhe tenham acusado de traidor por ter oficializado sua adesão ao grupo do prefeito Fernando Pessoa (SD), fato divulgado ontem (03). Valcenor talvez não tenha tomado a devida atitude por completa convicção, mas por conveniência, embutido juto na negociação alguns possíveis privilégios para si e para a família. O certo, é que ele não é um atoa, tem tudo pra ser mais um garoto de rodoviária, ativo e esperto para apanhar a oportunidade no tempo certo, e assim o fez.

Receoso de um rompimento inicial, assim como fez os vereadores Renan Bílio (PSB) e Zé de Ourin (PSB), Carvalho usou de uma antiga estratégia de quem mostra-se indeciso, ficar em cima do muro durante esse tempo e esperar pouco a pouco a poeira baixar. Durante esse interim da administração municipal, ele andou jurando amor ao seu ex-grupo e flertando dia e noite com o grupo do prefeito, deixando claro que na primeira oportunidade, aquela que lhe viesse a gerar vantagens extras, iria de mala e cuia.

Com a perda dos vereadores Renan Bílio e Zé de Ourin, Fernando Pessoa tinha que encontrar a primeira peça de reposição, sendo Valcenor o mais propício, pois já tinha se mostrado simpático as ideias do novo gestor. Dessa forma não houve dificuldades, uma boa conversa com largas promessas selou a estada do edil nos quadros do Grupo Cobra, aquele que ele tanto debochou, mas passado é passado, quem não erra atire a primeira pedra, lembrem-se. Valcenor está chegando mais prestigiado do que Renan e Zé de Ourin, que infantilmente não foram valorizados pelo prefeito, que na verdade trocou dois por um, e agora está sob pressão de ter de dar o melhor tratamento possível ao recém chegado, honrando, com rapidez, todos os compromissos possíveis, afastando de vez a iminência dos erros que cometeu com os dois últimos.

Com o passe valorizando, a ser pago com largas vantagens, Valcenor terá que lê na cartilha do prefeito e de seu grupo, mostrando-se ativo e combativo, inicialmente para não gerar nenhuma desconfiança, mas mostrando-se fiel, já que seus passos serão vigiados diuturnamente. Seu desembarque não é só felicidade, há quem não esteja lhe desejando boas vindas, entre elas pode está o vereador Geová Soares, seu antigo desafeto político. Os dois há anos que se ‘digladiam’ no povoado Ipu-Iru pela maior fatia do eleitorado, trocando farpas e acusações. No momento pode haver uma trégua, um pacto periódico para que nenhum infrinja os interesses do outro, mas pode não ser tão duradouro, e o motivo que poderá fazer a corda arrebentar de vez serão os ciúmes.

Em suma, podemos desclassificar a atitude do vereador Valcenor e chamá-lo de traidor? Se ele usou desse expediente para favorecer o povo, claro que não, já que o próprio povo deve estar em primeiro lugar. Agora, se seu intuto, como é comum no meio político, foi o de atender seus benefícios pessoas e familiares, ele agiu de má fé e está traindo quem o elegeu, que terá toda a chance de cobrar a fatura na próxima eleição.

JOSIMAR REÚNE 56 PREFEITOS EM ATO POLÍTICO E AMPLIA BASE DE APOIO NO MARANHÃO

Josimar fragmenta base de Weverton ao realizar evento com apoio de prefeitos do PP, PDT e Republicanos

Em um típico ato de pré-campanha, o deputado federal Josimar, conseguiu reunir na noite desta sexta-feira (3) em São Luís pelo menos 56 prefeitos que demonstraram apoio à sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão, em 2022.

O encontro que aconteceu numa área aberta da residência do parlamentar, seguindo todos os protocolos sanitários contra a Covid-19, ressaltou a presença de prefeitos de PP, PDT e Republicanos, partidos que estão na base do senador Weverton Rocha, e do PCdoB e PSDB, que integram o grupo do vice-governador Carlos Brandão.

Segundo o blog apurou, as costuras foram realizadas de forma independente aos diretórios estaduais das legendas no Maranhão, que tendem a tomar caminhos distintos na corrida sucessória maranhense. Na cúpula do PL, a avaliação é que Josimar cumpriu a missão a que se propôs com o ato político: mostrou força, conseguiu provar a fidelidade de seu grupo, refez pontes, comprovou que pode pavimentar apoios para 2022, seja no primeiro ou no segundo turno, caso confirme sua candidatura.

Na cerimônia, os prefeitos, vices, presidentes de Câmaras, deputados e demais lideranças foram recepcionados com uma bela ornamentação do espaço que contou com mesas, palco, som e iluminação.

A atividade seguiu uma logística mais dinâmica para atender os protocolos sanitários. Ao adentrar o espaço, os convidados realizavam a higienização das mãos com álcool em gel e a medição da temperatura. A entrada ao local era obrigatória com uso de máscaras.

Da bancada federal estavam presentes, além do próprio anfitrião; os deputados federais Marreca Filho (Patriotas), Pastor Gil e Júnior Lourenço (ambos do PL). Também estavam presentes os deputados estaduais Detinha, a anfitriã; Hélio Soares, Vinicius Louro, Leonardo Sá (ambos do PL) e Fábio Braga (SD), considerada a grande surpresa da noite. Por IsaiasRocha

Sampaio enfrenta a Ponte Preta para voltar ao G4 na Série B

O Sampaio enfrenta a Ponte Preta, nesta sexta-feira (3), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 19h, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Com 34 pontos, o Sampaio está há um pontinho do G4 e precisa vencer para permanecer bem colocado na parte de cima da tabela.

O time maranhense tem sido um visitante indigesto e não perde há 6 jogos fora de casa, por conta desse retrospecto o torcedor pode esperar o Sampaio fazendo uma partida bastante equilibrada com  o seu adversário. Na fase de ida, o Sampaio bateu a Ponte Preta por 1 a 0, no Estádio Castelão, em São Luís.

Para a partida de hoje, o Tricolor está definido com Luíz Daniel; Watson, Joécio, Éder Lima e Matheus Mascarenhas; Betinho, Ferreira e Eloir; Jean Silva, Nádson e Ciel.

Todos os detalhes sobre Ponte Preta e Sampaio você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: John Tavares/ Sampaio

ZecaSoares