Raimundo Zuca volta a antecipar o pagamento dos servidores efetivos da Educação

O prefeito Raimundo Zuca a cada dia vem confirmando seu estilo inovador sob o comando da gestão de Joselândia. Ontem, pra não contrariar seu perfil, ele voltou a antecipar o pagamento de todo quadro efetivo da Secretaria de Educação, ou seja, pagou dentro do próprio mês.

Segundo informações de assessores próximos do prefeito, a sua orientação é que os servidores sejam pagos logo que dinheiro entre nas contas, isso para que não haja o risco do menor atraso possível, mas sim agilidade, não impedindo de ninguém honrar seus compromissos por falta de comprometimento da administração. A coerente atitude de Raimundo Zuca, além de satisfazer os servidores que têm o dinheiro antecipado no bolso, também aquece o comércio local e torna a economia mais movimentada.

Em todo estado ainda são poucos os prefeitos agem com o mesmo comprometimento de Raimundo Zuca…

R$ 500 MIL! Daniella Tema destina emenda para reforma de escolas em Presidente Dutra

A deputada Daniella Tema (DEM) confirmou, nesta sexta-feira (30), que destinou R$ 500.000,00, por meio de emenda parlamentar, ao município de Presidente Dutra para realização de reformas nas escolas. A verba foi viabilizada junto à Casa Civil, pasta comandada por Marcelo Tavares.

“Me reuni pessoalmente com Marcelo Tavares para discutir a liberação do recurso à cidade de Presidente Dutra. Em breve, essa emenda chega para o Executivo Municipal e vai ser fundamental para que as unidades escolares recebam as reformas necessárias”, destacou Daniella Tema.

A parlamentar acrescentou, ainda, que o montante será mais uma forma de investir na educação pública maranhense.

“Através desse investimento, vamos conseguir melhorar a infraestrutura das escolas, garantindo o bem-estar de alunos e servidores em um ambiente agradável, para que eles sintam a preocupação do estado em proporcionar uma educação pública de qualidade”, enfatizou.

Presidente Dutra fica localizada na região central do Maranhão e é administrada pelo prefeito Raimundinho da Audiolar.

Brandão assina ordem de serviço para recuperação da MA-006, em Balsas

O vice-governador do Maranhão Carlos Brandão (PSDB), assinou, nesta quinta-feira (29), em Balsas, a ordem de serviço de recuperação da MA-006, na região sul do Maranhão e muito importante para o transporte de grãos até o Porto do Itaqui, em São Luís.

Segundo Brandão, a obra deve ficar pronta em setembro deste ano. “Assinei ordem de serviço para a recuperação de trechos da MA-006, importante rodovia da região sul do estado, inclusive para o transporte de grãos até o Porto do Itaqui. A obra deve ficar pronta em setembro. Mais segurança e mais mobilidade”, afirmou.

Carlos Brandão também esteve em Riaçhão e além de entregar obras anunciou novas ações no aniversário de 186 anos da cidade.

“O Governo do Maranhão entregou equipamentos do programa Mais Renda, em Riachão. Anunciamos, também, a recuperação das estradas de acesso ao Poço Azul e ao Encanto Azul, cachoeiras da nossa Chapada das Mesas. O turista que chegar a Riachão, aliás, passará por um dos portais da cidade, também entregues hoje. Dia de muitas conquistas para a cidade, que completa 186 anos nesta quinta-feira”, disse Brandão.

Foto: Divulgação

Dinheiro desviado da Prefeitura de Miranda teria irrigado campanha de Júnior Lourenço

Ex-prefeito de Miranda do Norte e deputado federal, Júnior Lourenço.

Documento obtido pelo Blog do Neto Ferreira revela que dinheiro desviado da Prefeitura de Miranda do Norte teria irrigado campanha eleitoral de Júnior Lourenço para a Câmara Federal. As doações foram feitas por meio de duas empresas de fachada que operavan no Executivo Municipal durante os mandatos do ex-prefeito.

A informação é trecho de um relatório produzido pelo Ministério Público Estadual com base em provas robustas contra o ex-gestor.

Segundo o MP, durante as eleições de 2018 as empresas fantasmas transferiram valores suspeitos para apoiadores de Júnior Lourenço, bem como para a própria assessora de comunicação do político e servidores que ocupavam cargos de confiança na gestão do ex-prefeito.

Ainda de acordo com o Parquet, há suspeitas de que Lourenço tenha continuado a se beneficiar, direta ou indiretamente, mesmo ocupando uma cadeira na Câmara Federal, com o poder econômico e os desvios promovidos na Prefeitura de Miranda do Norte.

O atual deputado federal é apontado como o líder de um esquema criminoso que deixou um rombo de R$ 22.061.477,53 milhões dos cofres públicos municipais utilizando empresas fantasmas.

Os desvios motivaram operação Laços de Família, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público em conjunto com a com a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor).

Um dos alvos era Lourenço Júnior. Durante a operação, policiais realizaram buscas na residência do parlamentar apreendendo documentos e aparelhos eletrônicos.

Brandão ganha cada vez mais força e musculatura

Os mais recentes movimentos na cena política maranhense não deixam dúvidas: o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSDB), ganha cada vez maior musculatura na busca por sua viabilização como candidato de Flávio Dino (PCdoB) na eleição para o governo em 2022.

Além dos diversos sinais já dados pelo comunista – denotado que seu vice é mesmo o escolhido -, os fatos das últimas duas semanas reforçam a tese.

Em 14 dias Brandão já articulou uma reaproximação entre o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSDB) e Dino; viu crescer a possibilidade de uma composição com o PDT, via Cleide Coutinho (saiba mais); promoveu a reabertura de diálogo entre Josimar de Maranhãozinho e o Palácio dos Leões (reveja); e, de quebra, ainda viu o próprio Josimar relatar o que ouviu de Flávio Dino num encontro – que Brandão será seu candidato (confira aqui).

São fatos e versões que se somam e, aos poucos, vão construindo o alicerce para o projeto Brandão 2022 com apoio do grupo de Flávio Dino… GilbertoLéda

Deputada Daniella Tema ganha destaque por atuação política em favor das mulheres

A deputada estadual Daniella Tema (DEM) se mantém surpreendendo positivamente aqueles que depositaram nela a confiança para representá-los na Assembleia Legislativa do Maranhão. Em pouco mais de dois anos de mandato, a parlamentar é considerada uma voz ativa do Parlamento Estadual, tanto no que se refere à assiduidade nas sessões plenárias quanto ao seu desempenho político, propondo Projetos de Leis, Indicações, Requerimentos, PEC’s e Projetos de Resolução legislativa. Especialmente voltados para a causa feminina.

Na Casa Legislativa, Daniella coordena a Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio, um importante instrumento legislativo que desenvolve políticas de combate à violência contra a mulher, além de acompanhar de perto as ações desenvolvidas pelos órgãos responsáveis pelos casos. A Frente Parlamentar já levou para a Alema diversas discussões sobre o assunto que envolveram tanto os demais parlamentares quanto a própria sociedade civil.

Além disso, a deputada não mede esforços para buscar e execução de políticas voltadas para as mulheres maranhenses. Destaque para os Projetos de Lei de autoria da deputada, que hoje são leis sancionadas pelo Governo do Estado e que ganharam repercussão a nível estadual, a exemplo da Lei 11.146/2019 – que instituiu a campanha “Diga Não à Importunação”, visando promover a conscientização e a punição daqueles que ainda ousam importunar mulheres através do assédio.

Daniella Tema também criou o Projeto de Lei que obriga os condomínios residenciais a comunicar aos órgãos de segurança eventuais ocorrências ou indícios de violência doméstica e familiar contra mulheres, crianças, adolescentes e idosos. O PL foi aprovado na Assembleia e sancionado pelo governador Flávio Dino (PCdoB). Portanto, hoje é vigente a Lei 11.292/2020, conhecida como Lei dos Condomínios.

Além de Projetos de Leis, Daniella Tema também foi a autora da Indicação que solicitou ao Governo do Estado a criação do “Aluguel Maria da Penha”, que dá a mulher vítima a condição financeira de sair do convívio com o agressor. A Indicação foi acolhida e se tornou a Lei 11.350/2020.

Fazendo uma avaliação de sua atuação, Daniella Tema reconhece os méritos já alcançados até aqui, mas mostra sua persistência em continuar nesse ritmo.

“Considerando que ainda estamos praticamente no meio do mandato, já fizemos muitas coisas pelo povo do Maranhão, especialmente pelas mulheres maranhenses. Mas, certamente, faremos muito mais. Sempre temos novas prioridades e ainda temos bastante tempo para pautá-las na Assembleia. Nosso estado precisa continuar crescendo e, principalmente, tendo suas falhas corrigidas”, destacou a deputada.

VEJA MAIS

Selecionamos abaixo algumas das principais conquistas da parlamentar em favor das mulheres, bandeira que ela defende desde sua campanha.
Lei 11.042/2019 (LEI DA ENDOMETRIOSE) – que cria a Semana Estadual de Educação Preventiva e Enfrentamento à Endometriose.

Lei 11.172/2019 (LEI DA DEPRESSÃO PÓS-PARTO) – estabelece diretrizes para Política de Diagnóstico e Tratamento da Depressão Pós-parto no Sistema de Saúde da Rede Pública e Privada Estadual, e institui o Dia Estadual de Prevenção e Combate à Depressão Pós-parto e dá outras providências.

Lei 11.352/2020 (DIVULGAÇÃO DOS DISQUE 180) – dispõe sobre a obrigatoriedade de dar ampla divulgação à central de atendimento à mulher em situação de violência (disque 180), nos edifícios e condomínios residenciais do estado do Maranhão.

Lei 11.353/2020 (MAIS MULHERES NA POLÍTICA) – institui no calendário de eventos do estado do Maranhão a campanha “Mais Mulheres na Política”.

Todas essas conquistas garantiram à parlamentar o reconhecimento da sociedade, do próprio meio político e dos órgãos responsáveis pela execução das políticas públicas para as mulheres, o que é motivo de orgulho para Daniella.

“Sou muito grata a Deus por me permitir usar o meu trabalho para ajudar na proteção de tantas mulheres que, lamentavelmente, sofrem os mais diversos tipos de violência diariamente. Considero esse um mérito coletivo porque tenho uma equipe extremamente engajada, não só na causa feminina, mas de uma forma geral. Nosso papel é defender os interesses de todos os maranhenses que confiaram a mim este mandato, e é um orgulho ter chegado até aqui e conseguido tanto reconhecimento do nosso esforço”, ressaltou.

Após reunião no palácio, deputado Josimar de Maranhãozinho admite que o candidato de Flávio é Carlos Brandão

Após reunião no palácio dos Leões entre o governador Flávio Dino (PCdoB), o vice Carlos Brandão (PSDB), Júnior Marreca e Marcelo Tavares, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) admitiu que o candidato do governo para a disputa de 2022 será mesmo Carlos Brandão.

Segundo o presidente do PL a reunião não tratou diretamente sobre o assunto sucessão estadual, mas pelo seu entendimento e pelo que viu e ouviu, Carlos Brandão é o nome do palácio dos Leões, descartando qualquer outro tipo de plano. No twitter, ele reafirmou que continua pré candidato ao governo e que o próprio governador havia lhe assegurado que todos têm o direito de ser candidato.

A pedido de Dino, STF manda Bolsonaro realizar censo 2021

O ministro Março Aurélio Mello, do STF, acatou um pedido formulado pelo Governo do Maranhão e determinou a adoção de medidas para a realização do Censo 2022.

O governo federal havia anunciado o cancelamento da pesquisa demográfica alegando falta de recursos.

Por conta disso, o governador Flávio Dino decidiu acionar o Supremo (saiba mais). GilbertoLéda

Fabricantes da Sputnik V afirmam que negativa do Brasil ao pedido de importação tem ‘natureza política’

Os fabricantes da vacina russa contra a Covid-19 Sputnik V criticaram, nesta terça-feira, a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que consideram “política”, de não autorizar a importação do fármaco.

“Os atrasos da Anvisa na aprovação da Sputnik V são, infelizmente, de natureza política e não têm nada a ver com acesso à informação ou ciência”, escreveu o perfil oficial da vacina russa no Twitter.

“O Departamento de Saúde dos Estados Unidos, em seu relatório anual de 2020 há vários meses, declarou publicamente que o adido de saúde dos Estados Unidos ‘persuadiu o Brasil a rejeitar a vacina russa’. O povo brasileiro aguarda a decisão do Supremo Tribunal Federal”, completa.

A Anvisa negou na segunda-feira um pedido de dez estados brasileiros para importar a vacina russa Sputnik V por considerar que faltam dados técnicos para verificar sua segurança e eficácia.

O governador Flávio Dino (PCdoB) preferiu não criticar a agência depois de negado o pedido. No Twitter, disse apenas que irá aguardar manifestação técnica de cientistas brasileiros e russos e que, após isso, governadores do Norte e do Nordeste apresentarão “fundamentos técnicos” ao STF e à própria Anvisa.

O diretor-presidente da agência, Antônio Barra, refutou as críticas à agência e acusações de insensibilidade em relação ao cenário da pandemia no país. Segundo ele, a Anvisa está cumprindo sua missão de zelar pela saúde da população.

A decisão foi tomada após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski negar pedido de suspensão do prazo de análise feito pela agência. Em 13 de abril, o magistrado determinou que a Anvisa se manifestasse a respeito da vacina até o dia 28 de abril.

— Seguiremos adiante com nossos contatos. Se falta informação, será fornecida. Não deveria existir nenhuma dúvida a respeito — afirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

A vacina Sputnik V está sendo aplicada em vários países além da Rússia, como Argentina, México e Venezuela. De acordo com o instituto russo Gamaleya, que desenvolveu a vacina, o fármaco foi autorizado em mais de 60 países.

Entretanto, o imunizante ainda não é permitido pelos principais órgãos de vigilância sanitária, como a Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos, e a Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

No Brasil, em uma tentativa de agilizar os planos de vacinação, uma dezena de estados do Norte e Nordeste assinaram contratos com o Fundo Soberano da Rússia (RDIF), que financiou o desenvolvimento da Sputnik V. O governo federal brasileiro também adquiriu 10 milhões de doses do imunizante.

OMS sem data para revisão
A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta terça-feira que ainda está discutindo sobre a vacina russa contra a Covid-19 e ainda não foi definida uma data para avaliar os dados clínicos do imunizante para sua possível listagem de uso emergencial.

— Sobre a Sputnik, ainda estamos esperando, ainda estamos no estágio de ida e volta. Portanto, não temos uma reunião de revisão marcada ainda — disse a porta-voz da OMS, Margaret Harris, em uma entrevista coletiva em Genebra. O Globo

Dino reata com Zé Reinaldo e quer Cleide Coutinho na vice de Brandão

Dino reata com Zé Reinaldo e quer Cleide Coutinho na vice de Brandão

Fruto de uma articulação costurada pelo vice-governador Carlos Brandão (PSDB), o governador Flávio Dino (PCdoB) reatou as relações políticas com o ex-governador José Reinaldo Tavares (sem partido), preterido pelo comunista em 2018.

No final da semana passada, Dino recebeu Zé Reinaldo no Palácio dos Leões, quando não só aparou arestas antigas, como acertou o embarque do ex-governador no seu governo.

Reinaldo passa a integrar a equipe do comunista nesta semana, numa fase em que Flávio Dino parece fazer uma repaginação de algumas desavenças do passado, além de sugerir uma homenagem não só a um dos seus principais tutores na política como a alguns nomes in memoriam, a exemplo dos saudosos Jackson Lago e Humberto Coutinho.

Neste sentido, fontes palacianas ouvidas pelo ATUAL7 garantem que é da própria cabeça de Flávio Dino a ideia de unir todo grupo em torno da eleição do vice-governador Carlos Brandão no próximo ano, numa chapa composta ainda pela deputada estadual Cleide Coutinho (PDT).

Com a composição, ressaltam as fontes, Flávio Dino estaria matando alguns coelhos com uma só cajadada: contemplaria mais uma vez o PDT numa chapa majoritária –em 2018, o partido ganhou uma vaga no Senado, com a eleição de Weverton Rocha–, e homenagearia dois nomes de extrema importância para o início da sua vida na política, nessa harmonia de reconciliação com o passado: Coutinho e Lago. Fo Atual7