Corpo de Bombeiros procura dono do Sal e Brasa desaparecido em rio em Barreirinhas

Mauro Bento Pereira Silva desapareceu no sábado (4) após cair de sua lancha nas águas do Rio Preguiça, situado no município de Barreirinhas.

Corpo de Bombeiros procura empresário Mauro Bento Pereira Silva que desapareceu no Rio Preguiça em Barreirinhas — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão

O Corpo de Bombeiros reiniciou neste domingo (5) as buscas pelo empresário Mauro Bento Pereira Silva, que desapareceu no sábado (4) após cair de sua lancha nas águas do Rio Preguiça, situado no município de Barreirinhas, a 252 km de São Luís.

Ao G1, o comandante da 4ª Companhia Independente de Bombeiros Militar em Barreirinhas (4ª CIBM), major Alécio Mesquita, disse que as buscas começaram ainda no sábado. Ele informou também que mergulhadores do Corpo de Bombeiros já reiniciaram as buscas neste domingo, mas até o momento, o empresário ainda não foi localizado. “Nós estamos com as buscas desde ontem e já retomamos neste domingo no intuito de achá-lo”.

De acordo com o major, o Corpo de Bombeiros está tendo o apoio do Centro Tático Aéreo (CTA). Uma equipe da Marinha já está no local para iniciar as investigações sobre o que causou a queda do empresário no rio. “Nós estamos contando com o apoio aéreo do CTA que já chegou aqui e também da Marinha que veio para iniciar as investigações sobre o acidente”.

Mauro Bento Pereira Silva é conhecido na capital maranhense por possuir uma franquia de uma rede de restaurantes.

Nota do Corpo de Bombeiros

Por meio de nota, o Corpo de Bombeiros do Maranhão, informou que o acidente aconteceu às margens do Rio Preguiça, no povoado Tapúio, em Barreirinhas e que o empresário estava em sua lancha quando foi avistado caindo no rio.

A nota diz ainda que a equipe de bombeiros esteve no local e realizou uma busca para tentar localizar o homem. No entanto, devido à baixa visibilidade, por estar no período noturno, a guarnição encerrou a operação e reiniciou neste domingo com o emprego de mergulhadores. (G1Ma)

Buscas pelo empresário começaram no sábado em Barreirinhas — Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros do Maranhão

Leia a íntegra da nota:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão informa que, por volta das 21h do último sábado (04), a equipe de serviço da 4ª Companhia Independente de Bombeiros Militar (4ª CIBM) foi informada acerca do desaparecimento de um homem, identificado como Mauro Bento Pereira da Silva, às margens do Rio Preguiça, no povoado Tapúio. Segundo informações, o homem estava em uma lancha, quando foi avistado caindo no rio.A equipe de bombeiros esteve no local e realizou uma busca para tentar localizar o homem. No entanto, devido à baixa visibilidade, por estar no período noturno, a guarnição encerrou a operação e reiniciou no dia seguinte, com o emprego de mergulhadores. Até o momento, o corpo ainda não foi localizado”.

JOSIMAR REÚNE 56 PREFEITOS EM ATO POLÍTICO E AMPLIA BASE DE APOIO NO MARANHÃO

Josimar fragmenta base de Weverton ao realizar evento com apoio de prefeitos do PP, PDT e Republicanos

Em um típico ato de pré-campanha, o deputado federal Josimar, conseguiu reunir na noite desta sexta-feira (3) em São Luís pelo menos 56 prefeitos que demonstraram apoio à sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão, em 2022.

O encontro que aconteceu numa área aberta da residência do parlamentar, seguindo todos os protocolos sanitários contra a Covid-19, ressaltou a presença de prefeitos de PP, PDT e Republicanos, partidos que estão na base do senador Weverton Rocha, e do PCdoB e PSDB, que integram o grupo do vice-governador Carlos Brandão.

Segundo o blog apurou, as costuras foram realizadas de forma independente aos diretórios estaduais das legendas no Maranhão, que tendem a tomar caminhos distintos na corrida sucessória maranhense. Na cúpula do PL, a avaliação é que Josimar cumpriu a missão a que se propôs com o ato político: mostrou força, conseguiu provar a fidelidade de seu grupo, refez pontes, comprovou que pode pavimentar apoios para 2022, seja no primeiro ou no segundo turno, caso confirme sua candidatura.

Na cerimônia, os prefeitos, vices, presidentes de Câmaras, deputados e demais lideranças foram recepcionados com uma bela ornamentação do espaço que contou com mesas, palco, som e iluminação.

A atividade seguiu uma logística mais dinâmica para atender os protocolos sanitários. Ao adentrar o espaço, os convidados realizavam a higienização das mãos com álcool em gel e a medição da temperatura. A entrada ao local era obrigatória com uso de máscaras.

Da bancada federal estavam presentes, além do próprio anfitrião; os deputados federais Marreca Filho (Patriotas), Pastor Gil e Júnior Lourenço (ambos do PL). Também estavam presentes os deputados estaduais Detinha, a anfitriã; Hélio Soares, Vinicius Louro, Leonardo Sá (ambos do PL) e Fábio Braga (SD), considerada a grande surpresa da noite. Por IsaiasRocha

Sampaio enfrenta a Ponte Preta para voltar ao G4 na Série B

O Sampaio enfrenta a Ponte Preta, nesta sexta-feira (3), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, às 19h, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

Com 34 pontos, o Sampaio está há um pontinho do G4 e precisa vencer para permanecer bem colocado na parte de cima da tabela.

O time maranhense tem sido um visitante indigesto e não perde há 6 jogos fora de casa, por conta desse retrospecto o torcedor pode esperar o Sampaio fazendo uma partida bastante equilibrada com  o seu adversário. Na fase de ida, o Sampaio bateu a Ponte Preta por 1 a 0, no Estádio Castelão, em São Luís.

Para a partida de hoje, o Tricolor está definido com Luíz Daniel; Watson, Joécio, Éder Lima e Matheus Mascarenhas; Betinho, Ferreira e Eloir; Jean Silva, Nádson e Ciel.

Todos os detalhes sobre Ponte Preta e Sampaio você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: John Tavares/ Sampaio

ZecaSoares

Flávio Dino confirma saída do governo e anúncio de candidato em 2022

O governador Flávio Dino (PSB) confirmou, durante evento em São Raimundo das Mangabeiras que deixará o governo do Maranhão no ano que vem para disputar a eleição em outubro, encerrando as especulações daqueles que apostavam na sua permanência no cargo até o fim do mandato.

“Quando eu sair do governo no começo do ano que vem para ser candidato, pois sou obrigado pela lei, eu vou voltar para onde eu vim. De onde eu vim?! Da sala de aula da Universidade Federal do Maranhão. É para lá que eu vou voltar, para ser professor dos meus alunos de Direito Constitucional, da Universidade Federal do Maranhão”, disse

Ao ser questionado sobre o nome que apoiará para o Governo do Maranhão, Flávio Dino disse que sói vai anunciar a escolha no ano que vem. A declaração mostra que o governador quer esfriar o clima entre o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha que disputam a indicação de Flávio Dino.

“Nós estamos em 2021, nós só vamos decidir isso em 2022, agora minhas agendas são exclusivamente de trabalho, de obras, de benefícios à população. E em 2022 a gente vai tratar da eleição”, afirmou Flávio Dino.

Do Zeca Soares

Polêmica: processos políticos de Açailândia julgados pelo TJMA podem ser apurados pelo CNJ

A polêmica história envolvendo a cassação de um grupo de vereadores de Açailândia ganha um novo capítulo após o Centro de Defesa da Vida e dos Direitos Humanos de Açailândia solicitar, ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a apuração dos processos do município que chegam ao Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA).

O pedido leva em consideração as várias decisões do TJMA que foram mudando a composição da Câmara Municipal. Primeiro, houve a cassação do presidente da Casa Parlamentar e de mais sete vereadores, ainda no mês de janeiro deste ano. Com essa decisão, o grupo político do vereador Ceará foi beneficiado com a posse no Legislativo Municipal, embora tivesse a minoria de votos da mesa.

APURAÇÃO

O pedido de apuração surge levando em conta a gravidade da situação. Há suspeitas de que o protocolo eletrônico do Tribunal de Justiça foi utilizado de forma indevida, uma vez que os recursos apresentados pelo grupo do vereador Ceará não passaram pela relatoria do primeiro desembargador que cuidava do processo. Os recursos foram, então, avaliados pelo desembargador Luiz Gonzaga que, por sua vez, concedeu liminares e continua na relatoria dos processos.

É importante ressaltar que, na Comarca de Açailândia, o vereador Ceará sofreu derrota em todos os processos, e teve êxito apenas no contexto que já envolve o TJMA.

Contra o desembargador Luiz Gonzaga também pesa a polêmica decisão, tomada no meio deste ano, que afastou um vereador por meio de agravo. Essa ação popular não tinha sido recebida pelo juiz de Açailândia. Segundo informações, o desembargador utilizou questões que não diziam respeito à ação popular, mas, sim, à outra demanda em que o próprio o Ministério Público não pediu o afastamento do vereador na ocasião. Portanto, um vereador foi afastado por meio de liminar resultante de um outro recurso vindo de Açailândia avaliada pelo mesmo desembargador que concede polêmicas decisões a favor do grupo político comandado por Ceará.

Diante de tamanho embaraço, vamos acompanhar o desenrolar da história.

Hipótese de Flávio Dino cumprir mandato integral causa agitação no meio político

Nas últimas 48 horas o meio político, os programas de rádio e a blogosfera foram animados por uma súbita e curiosa preocupação com o futuro político do governador Flávio Dino (PSB). E o ponto “X” da agitação foi a possibilidade de ele permanecer no Governo até o final do seu mandato, prevista por dois dos seus principais aliados em diferentes entrevistas, o secretário de Indústria e Comércio Simplício Araújo, que preside o Solidariedade no Maranhão e é pré-candidato assumido ao Governo do Estado, e o deputado Duarte Jr. (PSB), linha de frente do grupo liderado pelo governador. Eles provavelmente se basearam na impactante entrevista concedida por Flávio Dino ao portal de notícias UOL, no final da semana passada. Nela, em meio a um bombardeio de indagações que sofreu a respeito de uma possível composição do PSB com o PT, admitiu que poderá ser candidato a vice na chapa liderada pelo ex-presidente Lula da Silva, mas também ser candidato a senador e, numa hipótese muito remota, permanecer no Governo até o final do mandato. A possível composição com Lula da Silva animou o meio político, assim como a candidatura ao Senado, que é o caminho mais lógico, mas a possibilidade de permanecer no comando do Governo até o final do mandato causou um frisson surpreendente.

É verdade que o governador Flávio Dino é um político diferenciado, para quem um mandato parlamentar, mesmo de senador – que segundo Lula da Silva dá ao detentor poder quase divino -, não é um objetivo de vida ou morte política. Para ele, não fará muita diferença assumir um mandato de senador no início de 2023 ou reassumir sua cadeira de Direito Constitucional na UFMA e ocupar uma mesa num escritório de advocacia. Ao mesmo tempo, o governador tem perfeita e ampla noção de que no exercício de um mandato ele pode atuar politicamente com mais efetividade e com poder de participar, chancelado pela instituição legislativa, do debate dos grandes temas de interesse do País e, em alguns casos, diretamente do Maranhão.

Em 2010, por exemplo, o então deputado federal Flávio Dino abriu mão de uma reeleição fácil e entrou na corrida para o Governo do Estado com noção muito clara de que suas chances eram mínimas, uma vez que disputava com a então governadora Roseana Sarney (MDB) e com o ex-governador Jackson Lago (PDT). Não deu outra: Roseana Sarney venceu no 1º turno. A falta do mandato de deputado federal não o impediu de fazer política plena nos anos seguintes, quando incursionou pelos municípios com o projeto “Diálogos pelo Maranhão”, quando conversou com a população em praça pública, sem precisar de palanques nem carros de som. Quando seus adversários se deram conta, ele já liderava um movimento avassalador, que o levaria ao Palácio dos Leões em 2014 no 1º turno.

É claro que a realidade agora é outra. Depois de dois mandatos de governador, de comandar um governo diferenciado e limpo, e de protagonizar uma ação política forte no plano nacional, destacando-se como Oposição ao Governo inclassificável do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Flávio Dino se credenciou para continuar atuando nesse plano. Daí, se não vier a ser candidato a vice-presidente na chapa de Lula da Silva, o governador do Maranhão dificilmente abrirá mão de se tornar senador e, como tal, ampliar sua atuação política como uma das vozes mais consistentes do Senado e do Congresso Nacional. Flávio Dino sabe que o espaço que conquistou limitou o seu direito de escolha.

E nesse contexto, investir na participação em uma chapa presidencial faz sentido, mas é uma aposta de risco demasiado. Invertendo os polos, se for levada em conta apenas a lógica, não faz muito sentido considerar a hipótese de que permaneça no Palácio dos Leões até o fim do mandato. Logo, a candidatura ao Senado se cristaliza como o caminho mais lógico, mais racional e politicamente mais identificado com as aspirações da maioria do eleitorado maranhense, segundo todas as pesquisas publicadas até aqui. Do RepórterTempo

Maranhão supera marca assustadora de 10 mil mortes por Covid-19

Sepultamentos de pessoas mortas por complicações da Covid-19 já se repetiram milhares de vezes no Maranhão

O Maranhão ultrapassou, neste domingo (29), a triste marca de 10 mil mortes por Covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foram registrados, nas últimas 24 horas, 41 novos casos de infecção pelo novo coronavírus na Ilha de São Luís (14), em Imperatriz (23) e nas demais regiões (4).

Desde o dia 29 de março de 2020, data em que foi confirmada o primeiro óbito por complicações do novo coronavírus no Maranhão, 10.002 pessoas perderam a vida para o novo coronavírus no estado. Outros 303.784 pacientes se recuperaram da doença no mesmo período.

Neste momento, há 34.654 casos ativos de Covid-19 em território maranhense e 762 casos suspeitos. Outros 586.604 casos foram descartados pela SES desde o começo da crise sanitária e de saúde.

O número total de testes para detecção da Covid-19 realizados no Maranhão, até agora, chega a 836.159.

Abaixo, as estatísticas atualizadas neste domingo:

BlogOestado

HOMEM TENTA ROUBAR FARMÁCIA EM SÃO JOSÉ DOS BASÍLIOS, MAS FOGE AO SER VISTO POR POPULARES

O crime aconteceu por volta das 20h deste sábado (28), em São José dos Basílios. Nada foi levado do local.

Segundo informações da Polícia Militar, o acusado passava pelo estabelecimento e, ao perceber que a balconista estava sozinha no local, entrou, se passou por cliente e logo após anunciou o assalto. Ele pediu dinheiro, no entanto, a mulher se negou a entregar e então, conforme a polícia, ele tirou um revólver que estava na cintura e ameaçou a comerciária.

Ao ver a ação do assaltante, populares começaram a gritar e entrar no local, quando o criminoso percebeu que havia sido descoberto e que a situação poderia se agravar, correu até seu comparsa que lhe esperava em uma moto e fugiu sem levar nada. Por Michael – SJB

Sampaio bate o CSA e fica a um ponto do G4 na Série B

O Sampaio fez o dever de casa e venceu o CSA por 2 a 0, neste sábado (28), pelo Campeonato Brasileiro Série B.

O time maranhense abriu o placar aos 12 minutos do primeiro tempo com Ciel aproveitando um cruzamento rasteiro de Ferreira.

No segundo tempo, Pimentinha, aos 41 minutos chegou driblando e chutou rasteiro no canto do goleiro Lucas Frigeri para fazer 2 a 0.

Com o resultado, o Sampaio chegou a 34 pontos e está na quinta colocação a um ponto do Botafogo (35 pontos) que é o quarto colocado. Fecham o G4, o CRB (36 pontos), Goiás (38 pontos) e Coritiba (39 pontos).

Na próxima rodada, o Sampaio enfrenta a Ponte Preta, na sexta-feira (3), às 19h, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Foto: John Tavares

Maranhão é o 12º estado mais populoso do Brasil e São Luís a 13ª capital

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou as estimativas da população residente nos municípios brasileiros. De acordo com a pesquisa, o Maranhão ocupa a 12ª posição de popularidade no país, com 7.153.262 habitantes. Entre as capitais, São Luís está em 13º com 1.115.931 e na composição das regiões metropolitanas, a Grande São Luís está em 19º com 1.656.503.

O Censo de 2022, por sua vez, atualizará o quantitativo populacional dos municípios, além de toda uma gama de novas informações demográficas importantes para traçar o futuro da população no país. Assim, as estimativas de população para 1º de julho de 2021 indicam o Brasil com população total de 213,3 milhões de habitantes, distribuídos pelos 5.570 municípios que compõem as 27 Unidades da Federação.

As estimativas populacionais municipais divulgadas anualmente são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para o cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são referência para vários indicadores sociais, econômicos e demográficos.

As estimativas municipais de população refletem o crescimento da população delineado nos últimos dois censos demográficos, realizados em 2000 e 2010 e da Projeção de População prevista para 2021 para os estados brasileiros, atualizada em 2018. (Do MA 10)