Quem de fato Fernando Pessoa apoiará para deputado federal?

Não resta dúvida que o candidato a deputado estadual do grupo do prefeito Fernando Pessoa é o seu cunhado e prefeito de Barra do Corda, Eric Costa, que urgentemente precisa ser eleito para adquirir imunidade parlamentar, em face dos muitos processos que vêm respondendo na justiça.

Mas quem de fato o prefeito tuntuense apoiará para deputado federal? A pergunta talvez tenha várias respostas de acordo com os personagens políticos que ele têm apresentado á população, vereadores e lideranças de seu grupo, levando a crer que haverá um super fatiamento de seu capital político, uma divisão do território municipal, uma espécie capitânia hereditária do voto por cada vereador donatário.

As “capitanias do voto” passaria a ser loteada a partir da sede até o alto sertão, uma forma de agradar seus parceiros, que de alguma forma já contribuíram com algo ou deram algum pequeno empurrão para que o mandatário conseguisse algum benefício. Entre eles está o deputado Gil Cutrim (PDT), filho do ex-presidente e super conselheiro do TCE, Edmar Cutrim; deputado Júnior Lourenço (PL); deputado Juscelino Filho (UNIÃO); deputado Aluísio Mendes (PSC); o ex-secretário de Segurança, Jefferson Portela; e o recém anunciando deputado Josimar de Maranhãozinho (PL).

Se todos esses candidatos forem confirmados pelo prefeito, o rateio de votos tomará uma proporção nunca vista em Tuntum, com possibilidade de algum entre os candidatáveis obter menos de mil votos, acontecendo assim um grande vexame e decepção, tanto para o candidato, como para o próprio eleitor, afetando diretamente na imagem de quem o apoiou.

Entre os relacionados, tenha certeza, o prefeito tem um nome predileto, e esse, sem dúvida, terá a maior fatia eleitoral, tendo como apoiadores os maiores cabos eleitores em áreas privilegiadas. Entre os destacáveis para receber os privilégios do prefeito estão Gil Cutrim e Juscelino Filho, os primeiros a “negociarem” seus apoios e até serem anunciados á população. Antes que o rateio aconteça e a competição se acirre como demonstração de força entre os apoiadores, o que pode gerar até atritos por invasão de território e questões ideológicas. Nessa disputa quem pode participar bem do jogo criado é o próprio eleitorado, que poderá usar de artimanhas e até leiloar seu voto com tanta oferta no mercado, o que poderá tornar a eleição cara. Agora é esperar para ver o que vai acontecer…

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais Votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Jkb
Jkb
2 meses atrás

Não tem outra forma de pagar suas dúvidas com os seus protetores, ou a coisa pode pegar no portal da t… E as certidões arranjadas na calada da noite !!!!. Kkkkkk.