CARLOS BRANDÃO: o momento é da Gestão, política tem seu próprio tempo

O governador Carlos Brandão (PSB), pré-candidato a reeleição, em entrevista à TV Mirante nesta manhã de quarta-feira-feira (11), afirmou que seu compromisso neste momento é com a gestão e que política tem seu tempo próprio e somente será tratada com mais intensidade entre os meses de julho e agosto, ou seja, no período das convenções partidárias que definirão seus quadros que vão concorrer às eleições de outubro.

“E eu tenho a responsabilidade de conduzir o nosso estado como governador de 7 milhões de maranhenses e entendo que este momento é o momento de focar na gestão, política tem outro momento, lá para julho, agosto quanto teremos as convenções ai a gente vai tratar mais da política, então o foco daqui até lá é realmente a gestão. É mostrar quem é Carlos Brandão e como ele vai cuidar do povo do Maranhão”, observou o governador.

Para Brandão “política você conversa, dialoga, tenho excelente relação com a classe política, o Maranhão inteiro sabe disso, 80% da classe política tem manifestado apoio a nossa pré-candidatura e uma coisa que me deixa muito feliz é minha relação com os poderes. Tenho excelente relação com os poderes, uma relação institucional, de harmonia e com independência com legislativo, com o judiciário, ou seja, onde eu chego sou muito bem recebido e isso me dar a tranquilidade para governar”.

Sobre a acusação do senador Weverton Rocha de que ele teria se aproximado do ex-presidente Lula por oportunismo, Carlos Brandão disse o país vive um momento completamente diferente, que temos que pensar no Brasil e que foi baseado nisso  que o grupo todo que está colocado no campo da esquerda, entende ser este o grande momento de retomar a economia do Brasil, fortalecer a soberania e a democracia e o ex-presidente Lula, hoje, é pessoa que mais traz esse sentimento de restabelecer a democracia no Brasil.

“Estamos nesse campo porque entendemos, eu, Alckmin e tantos outros, que este é momento de reflexão, olhar para frente, as políticas do passado ficaram, o Brasil ou se renova ou a gente não avança, então, nós como homens públicos temos que fazer nossa avaliação sobre esses critérios de cada momento na política e o momento hoje é de restabelecer a democracia, a soberania e procurar um rumo de desenvolver, crescer, gerar emprego, renda que é isso que a população está precisando”.

Na avaliação de Brandão “a população hoje não está voltada para a política, ela está preocupada e como vai comer amanhã, como vai levar seu filho a escola, como vai seu filho a um hospital de qualidade sendo ele público, então esse é o nosso foco e eu vejo hoje, diante de todo esse o processo, o presidente Lula está representando isso, é essa a expectativa de esperança de um Brasil mais moderno”. JorgeVieira

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais Votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Jkb
Jkb
6 meses atrás

Meu governador só está errado em uma opinião, o ex p… É carta fora do baralho, que Deus nos livre de cair novamente nas garras daquele L……sou Brandão !!!!.