TUNTUM: Município acata MP e suspende seletivo da Guarda Municipal; concurso pode ser aberto ano que vem, diz secretário
Imagem meramente ilustrativa

O município de Tuntum, por meio de uma recomendação ministerial, expedida pela Promotoria de Justiça de Tuntum, após denúncia do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado do Maranhão (SIGMEMA), decidiu suspender o Processo Seletivo Simplificado (PSS) para a formação de guardas municipais temporários.

A decisão tomada foi publicada no dia de ontem (04) no sítio da Prefeitura de Tuntum, afirmando que o município tomava a medida em conformidade com a recomendação do Ministério Público. A advogada da categoria sindicalizada, com sede em São Luís, Ionara Pinheiro afirmou, satisfeita com a decisão, que a Prefeitura precisa se organizar nesse sentido caso queira criar uma guarda.

“A Prefeitura precisa realizar concurso caso necessite da Guarda (…) Jamais poderia formar a GM com seletivados. Guarda municipal é carreira de Estado”

Ao blog do Lobão, o Secretário Municipal de Segurança Pública, Elias de Melo Fonseca confirmou a suspenção em orientação a recomendação do Ministério Público. Ele ainda disse que logo será emitido um decreto municipal suspendendo o certame em definitivo. “A gente vai emitir um decreto suspendendo em definitivo”, disse.

Questionado pelo blog sobre os rumos que o município tomaria nesse sentido, o secretário disse que há possibilidade da realização de um concurso para o próximo ano. “A previsão que nós temos é para que haja concurso público o ano que vem. Eu estou falando especificamente da Guarda Municipal. A previsão é que para o ano que vem a gente faça concurso público”, destacou.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais Votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Jose Ferreira
Jose Ferreira
6 meses atrás

Em alguns estados como Amazonas Pernambuco Rio Grande do Norte,
Pará já existe Guardas Municipais temporários através de decretos emergenciais internos é só 9 gestor criar o decreto que se torna legal