RETALIAÇÃO: Weverton Rocha fala o que todos já sabiam, ele não vai apoiar Flávio Dino

O senador  Weverton Rocha (PDT), pré-candidato ao Governo do Maranhão, em entrevista uma entrevista para uma rádio na cidade de Caxias, comunicou que não irá apoiar o ex-governador Flávio Dino (PSB) para o senado. O anúncio não surpreendeu a ninguém, talvez somente o próprio Flávio Dino, quem o ajudou a chegar onde está hoje.

“Uma coisa o nosso grupo já tomou a decisão política. Nós não vamos votar no Flávio Dino. Depois de tudo que ele e a forma agressiva, dura, difícil e tudo que vocês viram e não precisa eu falar. O caminho que ele procurou percorrer que não é o nosso e não tem por que a gente estar juntos”.

O anúncio com sabor de traição, leva a crer que o senador tenha pactuado algum acordo com a cúpula do Palácio do Planalto, já que irá apoiar o senador Roberto Rocha, fiel escudeiro do presidente Jair Bolsonaro e inimigo político de Dino. No suposto acordo pode estar incluído outros apoios do governo na campanha de Weverton e Roberto, caminho para tentar desbancar a liderança de Flávio Dino no estado.

Pela fala do senador nota-se com clareza que sua decisão foi uma retaliação a Flávio Dino por não tê-lo indicado como seu candidato ao governo.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais Votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Jkb
Jkb
7 meses atrás

Esse aí não tem gratidão nem por quem lhe colocou no mundo, imagine em quem apenas lhe colocou como senador !!!. O bicho é ruiiiiimmmm!!!!!