Delegado de Barra do Corda é investigado por corrupção passiva e abuso de autoridade
Delegado regional de Barra do Corda, Renilto Ferreira, investigado por corrupção ativa e abuso de autoridade.

O delegado Renilto Ferreira e o diretor da Unidade de Prisional de Ressocialização, Genilson Pinto Ribeiro, ambos de Barra do Corda, estão sendo investigados por supostos crimes de corrupção passiva e abuso de autoridade.

As investigações estão em andamento na 1ª Promotoria de Justiça de Barra do Corda sob a responsabilidade do titular Guaracy Martins Figueiredo.

Segundo as informações publicadas pelo Ministério Público, foi aberto um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) contra o delegado regional e diretor da UPR após denúncias de que ambos estariam praticando abuso de autoridade contra Francisco Pereira de Oliveira, vulgo Chuluca, preso por homicídio qualificado em 2019 durante uma megaoperação da Polícia Civil.

Francisco Oliveira também está sendo investigado no mesmo processo por corrupção ativa e usura.

O caso que está sendo apurado ocorreu em 18 de fevereiro de 2020 na Unidade Prisional e de Ressocialização de Barra do Corda, de acordo com os relatos do MP.

A Secretária Judicial 1ª Vara de Barra do Corda, Ivanilde Carvalho Garreto de Sousa, e o advogado Gedson Campos Lobo, foram intimados a depor na sede da 1ª PJBC para esclarecer os fatos narrados.

No documento, não há informações sobre quando ocorrerão as oitivas do delegado regional Renilto Ferreira e do diretor Genilson Ribeiro. DoNetoFerreira

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários