Maranhão já aplicou de 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19

O Maranhão já alcançou 1 milhão de doses da vacina contra Covid-19 aplicadas. O estado recebeu, até o momento, 1,5 milhão de doses, distribuídas aos 217 municípios e imunizando os públicos determinados pela campanha. A divulgação foi feita pelo governador Flávio Dino, em coletiva à imprensa, nesta sexta-feira (23), no Palácio dos Leões. O governador destacou ainda o cenário da pandemia no estado e as novas medidas de combate à doença.

A marca de 1 milhão de doses aplicadas se reflete no número de cidades com imunização acima de 70% – que passou de 121 para 168, em uma semana. Na próxima semana, novas doses serão distribuídas aos municípios que alcançarem 75% de aplicação; e na semana seguinte, mais doses aos que chegarem a 80% ou mais de aplicação. Os dados devem estar lançados no sistema do Ministério da Saúde. “Esse número merece ser objeto de destaque e agradecemos ao trabalho conjunto do Governo com as equipes municipais. O efeito foi positivo e o trabalho vai continuar”, frisou o governador Flávio Dino.

Sobre a compra da vacina russa Sputnik V, o Governo do Estado aguarda o fim do prazo estipulado pelo Superior Tribunal Federal (STF) para definição da Agência Nacional de Vigilância (Anvisa). O prazo encerra dia 28 de abril e a Anvisa recorreu para ampliar a data. O Governo do Maranhão, por sua vez, se manifestou pela manutenção do prazo.

Medidas restritivas

Estão mantidas as medidas de restrição em vigor, até dia 2 de maio, anunciou Flávio Dino. Em todo o estado, eventos continuam suspensos; escolas públicas manterão aulas na modalidade online e escolas privadas no modelo híbrido (online e presencial); a administração pública funciona com 50% da capacidade em regime de revezamento; e igrejas, com 50% da capacidade.

Na Ilha de São Luís, comércio e indústria podem funcionar entre 9h e 21h; bares e restaurantes, até às 22h; supermercados, das 6h às 0h. Quanto à capacidade, supermercados, academias e salões devem funcionar com 50%. Pessoas do grupo de risco devem estar afastadas dos setores públicos e privados.

Novos leitos

Ocupação de leitos estabilizou, afirma governador (Foto: Karlos Geromy)

A ocupação de leitos na rede estadual de saúde estabilizou, ficando em média 75% nos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 60% os clínicos. “Estamos em estabilidade no que se refere à ocupação dos leitos de UTI. Isso significa algo promissor, que haverá redução de danos”, reiterou o governador.

Ações sociais

Prosseguem as medidas de Governo em apoio ao emprego e renda das famílias. Jantar servido a R$ 1 nos 55 Restaurantes Populares; distribuição de máscaras (1 milhão) e cestas básicas (mais 174 mil) em todo o Maranhão; adiantamento da primeira parcela do 13º para servidores estaduais regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a ser pago no dia 12 de abril; sorteio do Minha Casa Melhor neste sábado (24) para 1.100 famílias maranhenses; ampliação do prazo de pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Compartilhe!
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
guest
1 Comentário
Antigos
Novos Mais Votados
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Esmeralda
7 meses atrás

Parabéns ao governador e a todos os envolvidos nesta vacinação.
Creio que ainda o caminho é longo, pois existe uma parcela muito grande da população que precisa ser vacinada.
Meus negócios na Real Gramas deram uma queda significativa nas vendas das gramas: Grama Esmeralda, Grama São Carlos, Grama Coreana, Grama Bermuda, Grama Batatais, Grama Santo Agostinho. Isso porque não estamos restritos à vendas locais. Vendemos para todo o Brasil, tais como para cidades e estados: Gramas para São Paulo, Gramas para Minas Gerais, Gramas para Santa Catarina, Gramas para Campinas e região, Gramas para Belo Horizonte e região, Gramas para Rio de Janeiro, Gramas para Santa Catarina, Gramas para Mato Gross, Gramas para Mato Grosso do Sul, Gramas para Rio Grande do Sul, Gramas para Espírito Santo, Mapa do Site, Gramas para Bahia.
Espero que em breve, toda a população do Maranhão e de todo o Brasil consigam se vacinar para podermos voltar ao normal.