Lobao

As mais recentes declarações do governador Flávio Dino (PCdoB) dão cada vez mais sinais de que ele deve mesmo apoiar seu atual vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), como candidato a governador em 2022.

No final do mês de março, durante solenidade virtual de anúncio de novas obras para a cidade de Caxias, o comunista fez questão de agradecer, publicamente, ao vice-governador Carlos Brandão por sua retidão, lealdade e parceria no governo, mantida há seis anos (reveja).

Dias depois, na primeira semana de abril, o vice foi destacado pelo governador para liderar uma comitiva formada pelos secretários de Estado da Saúde, Carlos Lula, e de Articulação Política, Rubens Júnior, em visita ao Instituto Butantan com o objetivo de conhecer o processo de fabricação da vacina Butanvac, a primeira vacina contra a Covid-19 produzida inteiramente no Brasil. (saiba mais).

Agora, no último fim de semana, Dino praticamente cravou apoio a Brandão em 2022, am entrevista ao Poder 360 (releia).

São sinais cada vez mais claros de uma preferência que, assim como cheiro de perfume, é difícil de esconder…

Por GilbertoLéda

4 comentários sobre “Os sinais de Flávio Dino a Carlos Brandão

  1. Tema tenta por tudo cravar seu grande e único aliado como pretendente a pretendente de governador… mas a verdade é que o jogo já foi jogado… até Brandão já sabe… o candidato ao governo é Marcio Jerry…. que será anunciado no dia 19 de setembro. Até lá o mesmo permanecera em suas viagens pelo Maranhão para fechar apoio.. sem muito pressão.

  2. Você está muito enganado na data meu amigo Da Prefeitura.
    O Governador Dino vai anunciar Brandão no dia 8 de setembro desse ano.
    O Conselheiro Raimundo Nonato Lago vai se aposentar dando a vaga para o nosso vice governador.
    Este não é o grande problema, pois já está resolvido. O problema é o outro candidato para vaga de senador, pois o nobre Weverton não está querendo abrir mão da concorrência pelo cargo de governo ou da vaga 2 senado em troca de ser vice.

  3. Caso Weverton faça pressão, o governador Flávio Dino não terá escolha, vai ter que desistir de concorrer a senador. E tentar apenas a vada de deputado federal.
    Desse jeito tá complicado, mais muito complicado mesmo. Pois as 2 vagas que Weverton pode lançar apoio Governador e Senador deixam o grupo bem rachado e o Flávio Dino fragilizado.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.