Lobao

Eunatan Lima Torres

O tuntunense Eunatan Lima Torres, 36 anos, natural de Tuntum-Ma, foi executado a tiros na tarde de ontem, por volta das 17h30, na cidade de Novo Gama, Estado de Goiás.

Pelas características que provocaram o episódio, em conformidade com a narrativa de um familiar da vítima, pode se tratar de uma execução envolvendo policiais militares.

Antes de morrer, Eunatan estava conversando com sua mãe, moradora do bairro Luisão. Os dois conversavam sobre seu retorno para Tuntum. No diálogo, o filho teria confessado a mãe que estava sendo ameaçado de morte pela ex-esposa e seu atual companheiro, e que estava temeroso com a situação.

Depois de confirmar à mãe que já iria providenciar sua volta, cerca de 10 minutos depois, foi executado. A filha de Eunatan Torres, já teria comunicado ao pai que havia ouvido a mãe e o padrasto tramando sua morte. A vítima estava em casa lanchando quando fora surpreendido por homens da polícia, que chegaram atirando. O tuntunense foi atingido por dois disparos, um no peito e outro na região do abdômen, morrendo minutos depois.

Os policiais alegaram que Eunatan estava reunido com mais duas pessoas e que no momento da suposta abordagem os dois teriam fugido e ele tentado reagir, sendo imediatamente baleado. Ainda segundo o familiar, o mais estranho é que própria polícia providenciou a lavagem da casa. O celular da vítima desapareceu após o homicídio. A ex-esposa teria desaparecido depois da morte do ex-marido.

A família tenta agora fazer o translado do corpo, mas já que os custos são altos, pede a solidariedade de todos com qualquer contribuição. Os que desejarem participar desse ato de solidariedade cristã, as contas bancárias são as seguintes: Ag.3189, Op.013, Conta..00013519-3 – Caixa Econômica Federal. Ou pela conta 17.170-0, Ag. 2743X – Banco do Brasil.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.